Buscar
  • Dr. Eduardo Quirino dos Santos

Aparelho urinário: doenças mais comuns, sintomas, tratamentos e prevenção.

Além de ajudarem a controlar a pressão arterial, os rins também filtram o nosso sangue, limpam o organismo e controlam os níveis de sal no corpo. Por serem tão importantes, também requerem cuidados. Saiba abaixo quais são as principais doenças do sistema urinário.



NEFRITE AGUDA: É a inflamação dos tecidos dos rins causada por agentes infecciosos (os mesmos que provocam amigdalites e sinusites). A nefrite pode ser causada após uma infecção de garganta ou da pele. O sintoma mais comum é a alteração da cor da urina, que geralmente escurece. O tratamento é feito a partir de antibióticos e, em alguns casos, diuréticos para controlar a retenção de líquidos, e assim reduzir a pressão arterial.


NEFRITE CRÔNICA: Originada de infecções maltratadas ou abuso de determinados medicamentos, a nefrite crônica causa lesões permanentes nos rins que podem comprometer o seu correto funcionamento. Os sintomas mais comuns são sangue na urina, pressão alta, perda de apetite e pernas inchadas. Para prevenir é importante restringir a ingestão de proteínas, sal e potássio, além de fazer exames regularmente com um urologista de confiança.


CÁLCULO RENAL (pedras nos rins): É uma massa semelhante a pedras que pode se formar no sistema urinário e que é causada pela acumulação de cristais na urina, como cálcio, fosfato e oxalatos. Os distúrbios com a eliminação dos sais e vitamina D em excesso, além de infecções urinárias, são as principais causas do cálculo renal.


CISTITE: É uma infecção do aparelho urinário por razões anatômicas e afeta principalmente as mulheres, pois elas têm a uretra mais curta que os homens. Os sintomas mais comuns são vontade de urinar com frequência, ardor ao urinar e em pequenas quantidades, sangue na urina, desconforto na região pélvica, sensação de pressão na zona inferior do abdômen e febre baixa. A melhor prevenção é a ingestão de água, fortalecer o sistema imunológico, urinar depois das relações sexuais e não conter a urina durante longos períodos. O tratamento é feito com ingestão de líquidos e antibióticos.

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo